Introdução aos blogs em educação

Em 2004, produzi um documento indicativo para um projeto de uso de blogs em cursos do Senac São Paulo. Creio que a introdução do citado documento ainda tem alguma atualidade. Por isso reproduzo-a aqui como início de conversa sobre uso da nossa ferramenta em ambientes educacionais.

O blog é um ambiente dentro do qual os interessados podem publicar diários na Web. A palavra é derivada do inglês log (registro diário da velocidade e progresso de um navio…, qualquer registro de progresso ou ocorrência, numa viagem ou num experimento…, segundo o Webster’s NewWorld Dictionary). A junção web+log acabou entrando no vocabulário da informática como blog.

Uma das características dos blogs é a facilidade que oferecem para publicar registros em formato de diário na Web. Depois de se cadastrar num fornecedor de blogs, o que se exige do interessado é basicamente algum conhecimento de digitação. Certas particularidades como as de colocar figuras ou links nas mensagens são muito simples e intuitivas. Editar blogs com layout profissional ainda exige algum conhecimento de HTML, mas as novas soluções facilitam, cada vez mais, o trabalho de pessoas que não sabem e nem querem programar.

A natureza de diário dos blogs conquistou adolescentes que gostam de registrar ocorrências e pensamentos do seu cotidiano. Por essa razão, muitas pessoas pensam que a ferramenta em foco é coisa para gente muito jovem. Mas há blogs publicados por autores de todas as idades e com interesses muito diversos. Escritores têm blogs para tornar públicas reflexões sobre alguma de suas obras. Professores universitários editam blogs para narrar periodicamente suas pesquisas, desenvolvimento de programas, observações pessoais sobre avanços em suas áreas de conhecimento. Profissionais de todas as áreas publicam blogs para divulgar o que pensam e fazem. Internautas de todos os tipos possuem blogs para falar de seus hobbies ou vida pessoal. Revistas publicam no formato de blogs comentários sobre suas matérias. O uso da mencionada ferramenta ganhou uma grande diversidade a partir da criatividade de autores que a adotaram para publicar seus textos na rede mundial de computadores.

Educadores que utilizam computadores no seu cotidiano perceberam o potencial dos blogs como veículos de educação. A esse respeito, convém ver por exemplo, as reflexões de David Carraher , pesquisador americano que viveu muitos anos no Brasil e é, entre outras coisas, o criador do Sherlock (software publicado pela Editora Senac sp) . Em um de seus blogs, o professor Carraher comenta:

Os blogs dos alunos podem ajudá-los a verificar o desenvolvimento de seu pensamento no tempo, a levantar questões, a receber comentários de outros. Imagine um estudante de ciências expressando como ele entendeu inicialmente calor e temperatura, como um comentário específico ou uma descoberta pessoal fez com que ele reconsiderasse suas idéias. Este estudante pode ainda linkar suas observações com websites que foram boas ajudas para ele, pode linkar suas reflexões com pontos de vistas expressos por outros estudantes e que o ajudaram a clarificar suas idéias.

Outro educador conhecido que trabalha com blogs é o Professor Bernie Dodge

Dodge está incentivando, entre seus alunos de um curso de formação de professores, o uso de blogs como instrumentos de reflexão sobre a experiência de estágio.

Ao introduzir o uso de blogs em seus programas de ensino, Dodge comenta:

Conseguir que os alunos de qualquer idade escrevam é sempre um desafio. Nos últimos anos, porém, apareceu um novo veículo de auto-expressão que fez com que crianças e adultos começassem a escrever profusamente e a ler ansiosamente o trabalho (blogs) de outros. Os blogs evoluíram a partir de um gênero mais antigo, o diário pessoal. Inserir diários pessoais na Web, e torná-los públicos e acessíveis criou algo qualitativamente diferente.

Apesar de não existir ainda um acervo respeitável de experiências sobre usos educacionais de blogs, a alternativa de trabalho em perspectiva parece muito promissora. Ela pode, entre outras coisas, permitir que as organizações educacionais consigam:

Incentivar efetivamente competências de colocar por escrito pensamentos e idéias.

Oferecer oportunidades para que os alunos desenvolvam competências de metacognição (que aprendam a pensar sobre o seu próprio pensamento).

Registrar de modo espontâneo e autêntico o desenvolvimento sócio-cognitivo dos aprendentes.

Formas profissionais reflexivos.

Abrir espaço para um exercício do pensamento que resulte em produções que possam ser compartilhadas por todos os interessados.

Avaliar de modo mais direto a evolução cognitiva de seus alunos.

Incentivar a formação de comunidades virtuais de aprendizagem.

Fazer uso de Novas Tecnologias de Informação e Comunicação de um modo bastante simples e intuitivo.

Oferecer para seus alunos oportunida de serem “autores”.

Anúncios

22 Respostas to “Introdução aos blogs em educação”

  1. Luciana Raspa Says:

    Eu nunca pensei a utilização de blogs na aprendizagem. Com as aulas sobre tecnologia, e o comentário sobre os blogs em educação, aprendi que muitos conhecimentos serão socializados agora e, no futuro pela gerações.
    A educação deve ir além, em sala de aula, na conscientização dos jovens com o conteúdo dos blogs e orkut, pois socializar conhecimentos é uma coisa, mas, discriminação, preconceito, drogas e muitas outras coisas que rolam nesses sites devem ser evitados.
    Abraço!

  2. jarbas Says:

    Oi, Lu.
    Não vou comentar cada comentário que aparecer neste blog. Mas sua mensagem merece consideração, uma vez que você foi a primeira aluna a aparecer por aqui. Você faz um alerta sobre a circulação de conteúdos indesejáveis na internet. Um perigo real. Mas, há muito mais coisa positiva no ciberespaço.
    Há blogs de muitas tribos, de muitas comunidades, para muitas faixas de idade. Os diários eletrônicos são um domínio onde se percebe com nitidez a tremenda fragmentação comunicativa de nosso tempo (vamos estudar isso um pouquinho, pois alguns dos textos que estou selecionando falam bastante do assunto).
    Bom, deixemos de conversa sobre o conteúdo a ser estudado. Importa mais agradecer sua presteza em comparecer por aqui. Obrigado e volte sempre. Abraço, Jarbas.

  3. Luana Barbieri Says:

    Olá, professor Jarbas!

    Achei a proposta de utilizar Blogs em sala de aula muita criativa, pois o aluno pode publicar registros em formato de diário na Web. Aliás, diário é algo que atrai muito crianças, jovens e adolescentes.
    Além disso, o Blog pode ter várias finalidades, os alunos podem escrever o que pensam, o que fazem, publicar textos, acompanhar a evolução de seu pensamento, servindo como um instrumento de reflexão, experiência e trocas de trabalhos.
    Dessa forma, o professor pode avaliar os processos cognitivos do aluno, pois seus registros são mais autênticos, espontâneos e expressam suas opiniões.
    Assim, o Blog torna-se uma ótima ferramenta educacional, possibilitando avanços nas aulas de tecnologia.
    Abraços,
    Luana – USJT

  4. Marina Says:

    Olá, professor…
    Acredito que a proposta de blogs em educação é muito interessante pois propõe duas vertentes: a primeira segue a idéia de trabalhar conceitos e ferramentas novas (computador – internet), que são usados com infinitos objetivos – individual ou coletivo, educativo ou não. A segunda vertente segue a idéia de sua utilidade para nós professores e alunos do 4APGNAS, pois será um veículo para nos comunicarmos por longos anos.
    Como já sabemos a internet encurta distâncias e hoje conseguimos conversar, comprar e até ver pessoas do mundo todo. Assim, nosso blog encurtará o tempo, uma vez que não precisaremos esperar até as quintas-feiras para podermos trocar idéias.
    Marina

  5. Deusa Freitas Says:

    Olá Professor!!!
    Já tinha conhecimento do que era o blog, só naõ sabia que poderiamos utilizar na area educacional, como por exemplo tivemos uma aula ontem onde a professora passou um blog para pesquisarmos e ja achei outros com diversos temas e assuntos que me interessam e podem me ajudar muito em trabalhos e pesquisas.
    Pra mim vai ser muito interessante trabalhar com essa nova ferramenta.

  6. ana granado Says:

    Oi! professor
    Acredito que os blogs podem ser um instrumento muito eficaz na area educacional. por se tratar de um atraente meio de comunicação para a maioria das pessoas. Não importa a idade, mas ao colocar-se diante da telinha, todos parecem ficar alheios ao resto do mundo. Certamente trabalhar construçaõ de textos, por exemplo, torna-se muito mais atrativo na tela do computador, do que no papel. Os professores deveriam explorar mais esta ferramenta. Muitos alegam que não podem exigir trabalhos computadorizados porque não são todos os alunos que tem a possibilidade de concluí-los, pela razão de não possuirem um computador em casa. Porém no bairro onde moro, de classe bem baixa ,existe uma Lan-house em cada esquina, lotada de meninos e meninas mexendo nas máquinas, acessadas somente em jogos e em sites de relacionamento. porque não incentivar essas crianças a usar o tempo e dinheiro (R$ 1,00), por hora para alguma produção mais construtiva?

  7. ana granado Says:

    Achei incrível os escritos do Ed. Ele é um cara muito divertido. Acho que a idéa do boteco escola vai ser um sucesso. a unica desvantagem que vejo no boteco virtual, é a de não ter a cervejinha. ou aquele delicioso cafézinho real. certas coisas não dá para ficar só no virtual.

  8. Maria Figueiredo Says:

    Gostei muito de visitar o Boteco do Ed, não imaginava como poderia ser um boteco on-line. O Ed é uma pessoa muito interessante e divertida, ele procura colocar assuntos do dia o que torna o seu boteco bem informativo. Ele demonstra ter bastante familiaridade com blogs, apesar de ser novo este seu boteco ele já teve experiências com outros blogs de sua autoria. Agora fiquei curiosa de conhecer outros para ter inspiração e criar o meu.

  9. Ana Paula Mota Says:

    Olá professor…
    Passei por aqui para dizer que esta é uma ótima idéia para se trabalhar!!!
    já conhecia este sistema, mas, como a Deusa mencionou, também não sabia que o mesmo poderia ser utilizado na área educacional!!!
    É importante estar sempre atualizado, procurando formas criativas e diferenciadas para trabalhar com esta turminha que também há muito a nos ensinar.
    Obrigada pela idéia e espero que surjam várias outras!!!!
    SUCESSO!!!
    beijos….
    Ana

  10. Elisa Kerr Says:

    Jarbas, já consegui perceber a importância dos blogs, mas ainda não estou familiarizada com esta linguagem. A imagem que tenho é muito negativa, preciso desfazer este conceito e isso não é fácil.
    O legal é ter a alternativa de ensinar meus filhos a usarem essa ferramenta como meio de comunicação e não apenas para futilidades. Esse é um dos problemas que tenho encontrado em casa com os meus filhos. está sendo muito difícil ensinar as meus filhos a usarem a internet de forma sadia. Talvez se as escolas infantis se utilizassem mais aos blogs e ousassem mais nesse meio, nós pais, tivessemos mais facilidades em trabalhar esses conceitos.

  11. Erika Says:

    Oi Professor…
    Fazer uso da internet, do blog como ferramenta educacional me chamou a atenção. Primeiro porque a internet por si é um atrativo, segundo porque educadores não podem deixar de fazer uso dela e canalisá-la pra coisas boas.
    As crianças já possuem um certo domínio do uso do computador e tecnologias em geral, sinto a necessidade de buscar atrativos novos que as envolvam e que ao mesmo tempo que sejam vias de conhecimento, sejam desafiadoras.
    Quem sabe o blog não seja um caminho!
    Pelo menos as aulas de tecnologia tem despertado o interesse no aprofundamento do assunto.
    Abraço!
    Erika – USJT

  12. Elisa Kerr Says:

    Jarbas, já consegui perceber a importância dos blogs, mas ainda não estou familiarizada com esta linguagem. A imagem que tenho é muito negativa, preciso desfazer este conceito e isso não é fácil.
    O legal é ter a alternativa de ensinar meus filhos a usarem essa ferramenta como meio de comunicação e não apenas para futilidades. Esse é um dos problemas que tenho encontrado em casa com os meus filhos. Tem sido muito difícil ensinar meus filhos a usarem a internet de forma sadia. Talvez se as escolas infantis utilizassem mais os blogs e ousassem mais nesse meio, nós pais, tivessemos mais facilidades em trabalhar esses conceitos.

  13. tania juliani Says:

    oi , Prof Jarbas!!!!!!
    Com certeza , a utilização do blog na aprendizagem é muito eficaz. Essa intercomunicação é rápida, fácil , interessante e com conteúdos variados. Os alunos, pais e educadores, se interessam cada vez mais , em buscar nos práticas educacionais, para pesquisa, trocar de experiências, conteúdos e principalmente, socialização.
    No meu blog, tenho mantido contato com vários estudantes de educação, educadores e pais , interessandos em trocar e acrescentar ” conhecimentos” educacionais, dúvidas, ajudas e orientações, para vivências em sala de aula!!!
    A Prof Dinéia ( USJT), também têm utilizado essa ferramenta, como instrumento e recurso didático , com os alunos de educação, e eles Têm participado ativamente….. è gratificante!!!!
    Um trabalho edicacional, sempre tem que ter muito claro, os objetivos e paradígmas a serem atingidos… Com RESPONSABILIDADE, SERIEDADE E COMPETÊNCIA!!!!

    Um abraço…. Tânia Juliani

  14. Dinéia Says:

    Caro Jarbas devo parabenizá-lo pelo trabalho que vem desenvolvendo junto aos nossos alunos, pois como Dodge tenho utilizado blogs como instrumento de reflexão sobre temas educacionais principalmente para o Estágio. O blog de sua aluna Tãnia Juliani do 4 ano de Pedagogia tem sido referência no meu programa para os alunos da Pedagogia e Formação de professores, e claro que vamos adentrar cada vez mais no mundo dos blogueiros e fazer com que os alunos escrevam mais e possam também utilizar em suas escolas este instrumento como veículo de crescimento pessoal. Um abraço Prof. Dinéia

  15. lenita Says:

    Jarbas gostei muito de tudo que li a respeito da introdução ao uso de blogs na educação.Gostaria também de parabenizá-lo pele trabalho criativo, reflexivo e sério que vem desenvolvendo junto aos alunos da USJT.. Parabéns a todos que estão trabalhando em equipe para a formação de professores críticos e reflexivos . Fui convidada pela prof. Dinéia para conhecer o BLOG de sua aluna Tânia e devo dizer que achei fantástico. Um abraço Lenita de Almeida.

  16. Ivelise Strada Says:

    Acredito que o blog pode ser um excelente recurso de aprendizagem, pois além ser um canal de comunicação é uma maneira prazerosa e educativa de se trabalhar com a tecnologia.
    Além disso, é uma “linguagem” mais próxima e bem conhecida dos adolescentes, o que facilita, pois a aprendizagem acontece mais facilmente quando atinge o interesse do educando.
    Tudo dependerá de como o educador encaminhará a utilização deste blog, mas se a atividade for bem conduzida, é um ótimo recurso a ser explorado.
    É uma maneira diferente de divulgar projetos, com a vantagem de permitir a interatividade, ou então para registros e reflexões de temas educativos, sendo possível enriquecer os relatos com links, fotos, ilustrações e sons.
    É uma ótima estratégia para “dar voz” aos estudantes, desenvolver o senso crítico e deixá-los livre para manifestar toda sua criatividade.
    É isso! Lançarei este projeto na escola onde leciono. Assim que tiver registros socializo com vocês. Jarbas, suas dicas me ajudariam bastante.
    Abraços.

  17. Luciana dos Anjos Says:

    Prof. Jarbas

    Um dos textos sugeridos para leitura pelo professor de comunicação fo:
    “Da comunicação a comunicação/educação” autoria da profª Maria Aparecida Baccega. Que propõe uma educação dinâmica e atraente como os meios de comunicação. Aqui podemos usar as observações feitas neste tópico, muito mais que um espaço livre de conversa, ou expressão ou blog pode é um lugar livre, cheio de coisas interessantes para aprender. Um recurso e tanto para diminuir o numero imenso de analfabetos funcionais que temos por aí, ler, ler muito, entender, comentar passos importantes para se aprender.

    Abraços.
    Obs: Vou verificar uma meneira de encaminhar a vc (via e-mail) o texto que tenho, isto é, se vc já não tiver lido…rs…

  18. Regina Couto Says:

    Prof.Jarbas,
    Não o conheço pessoalmente, mas aprendi um pouco mais sobre o uso do blog em Educação, lendo os comentários. Tenho experimentado na prática o uso dessa ferramenta e percebo os frutos do trabalho. A turma ficou mais unida. interessada, lendo mais para indicar livros no blog, escrevendo e, principalmente, pensando e aprendendo mais.

  19. Leiliane Barroso Duarte Says:

    Isto novo,pois percebi que os blogs são ótimos recursos de ensino aprendizagem

  20. Edilane Coelho Says:

    Prof. Jarbas
    Sou pedagoga, e como a grande maioria dos professores iniciei a navegar na internet a pouco tempo. E o seu texto me serviu para refletir muito sobre a importância dos blogs como recurso para a formação de nossos alunos pretendo estudar um pouco mais o assunto para a partir de então incentivar os professores da escola em que trabalho a usar este rico recurso na formação de nosso alunado. Pois acredito que o mesmo é um forte aliado na formação de leitores e escritores reflexivos.
    Parabéns pelo o seu texto

  21. Blogs: estudos e análises « Boteco Escola Says:

    […] Introdução aos blogs em educação […]

  22. Tecnologia Educacional é Imaginação | Boteco Escola Says:

    […] O trabalho experimental de uso de blogs realizado por David Carraher na Universidade de Harvard, cujos registros eram publicados num blog, não está mais disponível na Web. Uma referência sobre a o trabalho de Carraher pode ser encontrado em  https://jarbas.wordpress.com/2007/02/27/introducao-aos-blogs-em-educacao/ […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: