Crimes contra a memória

Na vida pessoal é triste perder a memória, o esquecimento anula parte da história que as pessoas construíram, com amor, tristeza, alegria, prazer, paixão. Com a perda de memória, as pessoas deixam de saborear experiências acumuladas na aventura do viver.

Desastres de perda de memória acontecem também no plano social e histórico. Fatos relevantes do passado são ignorados. Eventos trágicos, ignorada a história, tendem a se repetir como comédia. Falta de memória prejudica a aprendizagem.

Desrespeito à memória pode resultar em entendimento ridículo do patrimônio arquitetônico da humanidade. A imagem que segue busca mostrar graficamente este ridículo

Em Franca, cidade em que passei a infância, um dos atos criminosos contra a memória histórica foi a demolição do Hotel Francano, obra de1928, símbolo do esplendor da economia cafeeira. No seu lugar, ergueu-se uma monstruosidade modernosa em concreto aparente para abrigar agência do Banco Itaú.

Segue imagem do Hotel Francano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: