Crítica construtivista e linguagem

Predomina a ideia de que as palavras transportam o pensamento. Neste sentido, o bom leitor é aquele que entende bem o texto de acordo com as intenções do autor. Essa é uma visão não construtivista. Para mostrar como ela funciona, Michael Reddy escreveu um texto chamado The Conduit Metaphor: a case of frame conflict in our language about language. O escrito é hoje um clássico no campo de estudos construtivistas sobre metáforas. Tenho o original, publicado como capítulo em Metaphor and Thought, obra coletiva editada por Andrew Ortony. (ORTONY, M, (ed.). Metaphor and Thought. Cambridge University Press: Cambridge, 1979.). Alguém da Univerdade de Harvard copiou o texto de Reddy e o colocou na internet. Você pode vê-lo aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: