Tipos de conhecimento e ensino/aprendizagem

Para definir objetivos e escolher estratégias de ensino é importante utilizar uma boa classificação de conhecimentos. Gosto muito da classificação proposta por David Merrill, abrangendo as seguintes categorias: fato, processo, conceito e princípio. Para introduzir conversa sobre tipos de conhecimento, criei no século passado um exercício baseado em informação do fantástico professor João Edênio do Vale. Quando foi meu professor em 1966, Edênio comentou que conhecia um pesquisador que estava fazendo estudo sobre o conhecimento que estudantes construíam nos botecos. Segue cópia do exercício que criei.

CONTEÚDOS DE CONHECIMENTO

 A SABEDORIA NO BOTECO

 

INTRODUÇÃO

Tempos atrás alguém defendeu tese sobre botecos. Coisa séria. A tese e os botecos. A hipótese – comprovada – era a de que parte da cultura genuinamente nacional é construída nos bares da vida. E mais: em boas escolas (e talvez nas más!), os alunos aprendem mais nos botecos, cantinas e bares que nas salas de aula. Por isto tudo, começo nossa conversa por um boteco-padrão. Espero que cada qual invente um boteco que valha a pena, e, a partir daí, a gente descubra coisas que no fundo já sabe…

Seremos modestos! Vamos, ao contrário da tese, examinar apenas alguns conhecimentos sobre o próprio boteco.

  1. FASE PREPARATÓRIA

A tarefa final dos grupos será a de classificar conhecimentos. Para chegar a isto, será preciso vencer uma fase preparatória, dividida em dois momentos. O primeiro momento será uma rápida composição de cenário. O segundo, um teste de conhecimentos gerais sobre botecos.

   2.CENÁRIO

Cada grupo deverá compor um cenário. Pensar o boteco. Suas particularidades. Suas atrações. A composição será livre. Única exigência: o cenário deverá ser de bom gosto. Mas, não gastem muito tempo com isso, pois você têm uma prova pela frente.

A prova de Botecologia deverá ser feita rapidamente.

 

  3.TESTE DE BOTECOLOGIA

Cada grupo deverá responder as questões que seguem. O registro das respostas poderá ser feito num papel em separado.

  • O que há no boteco?

Relacione até quinze objetos que podem ser lá encontrados.

  • Como é que você sabe que o “drink” servido ao freguês do lado é uma caipirinha?
  • Como se faz uma caipirinha?

Dê uma receita que permita a qualquer leigo fazer uma caipirinha “no capricho”.

  • O que é pinga?

Sua resposta deve ser clara e fazer com que fregueses estrangeiros não mais confundam cachaça com rum, bagaceira ou tequila.

  • Por que, durante certo tempo, a cerveja sumiu da praça?

Vá às causas do problema. Não vale dizer apenas “o fornecedor deixou de entregar a mercadoria”.

  • Quanto custa uma cerveja?
  • Que marcas de pinga você pode encontrar no boteco?
  • Quando é que a pinga provoca “fogo”?
  • Se você não pagar a conta, o que pode acontecer?

Atenção: você não é amigo do dono e o estabelecimento não pendura conta ou vende fiado.

  • Que outros nomes tem a pinga?
  • Por que mulher desacompanhada é mal vista no boteco?
  • Confira a conta. Como é que você vai fazer isto?
  • Rache a despesa. Que método sua turma costuma usar neste caso?
  • Nomeie três bons botecos.
  • Por que um “Piano’s Bar” não é boteco?
  1. FASE FINAL     

Até aqui o trabalho foi de preparação. Agora é hora de cuidar da tarefa principal. A tarefa nesta fase é de classificação.

INSTRUÇÕES

  • Classifiquem, em quatro diferentes grupos, as respostas (ou tentativas de respostas) às questões do teste. Nesta tarefa de classificação, tentem pensar na operação mental utilizada para produzir respostas para cada questão.
  • Considerei, neste exercício, quatro diferentes processos ou operações mentais utilizados na elaboração de conhecimentos. Por esta razão, estou solicitando a classificação da sabedoria botecológica em quatro categorias.
  • Para facilitar o trabalho de classificação, vão aqui algumas dicas:
  1. Coloquem a questão 1 no grupo A.
  2. A questão 2 pertence ao grupo B e a 3 ao grupo C.
  3. A questão 4 pertence a um dos três primeiros grupos.
  4. A questão 5 pertence ao grupo D.
  • Registrem numa folha de papel o resultado da classificação decidida pelo grupo, escrevendo após a letra que rotula cada categoria os números correspondentes às questões do teste. Se possível, dêem um nome a cada uma das categorias inicialmente designados apenas pelas letras A,B,C e D.
  • Escolham um relator para apresentar, em plenário, os resultados do trabalho do grupo.

Atenção: o trabalho classificatório não deve durar mais que dez minutos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: