Computadores nas escolas: cuidado com a domesticação.

orcaComputadores costumam ser domesticados nos contextos escolares. Fala-se muito em uso pedagógico dos mesmos. Isso é, a meu ver, um erro. Computadores domesticados perdem parte importante da força que têm como instrumentos de comunicação.

Uma boa analogia a se fazer aqui é a da domesticação  de baleias pelo Sea World. O famoso parque marítimo tem como principal atração o show de Shamoo, nome dado a todas as baleias orcas que fazem coisas incríveis numa grande piscina cercada por arquibancadas com gente boquiaberta a cada façanha do animal. Há campanhas para acabar com tal espetáculo. Um dos motivos é o de que as orcas vivem muito menos em cativeiro. De certa forma, treinar a baleias para fazerem o que fazem no Sea World é um tipo de crueldade. Essas questões, porém, não são o foco da minha atenção aqui.

As orcas fazem coisas incríveis aprendendo truques que lhes ensinam em cativeiro. Mas tudo que fazem é falso. Não tem sentido para elas. Não é divertido. Não é comportamento relacionado com sua vida social e estratégias de sobrevivência. No mundo selvagem elas fazem coisas mais incríveis que os shows no Sea World. E o que fazem tem sentido vital. Orcas são animais muito inteligentes. Em resumo: em sua vida selvagem os animais fazem coisas admiráveis; em cativeiro fazem truques espetaculosos que pouco aproveitam do potencial que os bicho têm.

Em escolas, computadores costumam ser como orcas no Sea World. Nos usos pedagógico fazem um truques interessantes. Mas, tais truques são bastante pobres se os compararmos com o que os computadores fazem fora da escola (na vida selvagem).

Não vou desenvolver o tema da domesticação dos computadores pelos pedagogos aqui. Introduzi-o apenas para justificar a iniciativa de trazer para cá roteiro de uma palestra que fiz nos idos de 1993 em Rio Preto. Na época ainda não havia power point, uma bênção. A gente tinha que utilizar melhor a imaginação e o discurso para se comunicar.

Para palestrar, usei um roteiro que fazia referência a menus de computadores. Usei também o tempo todo Shamoo como inspiração contra a domesticação dos computadores nos meios escolares. Acabo de descobrir o tal roteiro entre meus guardados. A palestra foi construída em cima de um menu principal e de submenus. Quase todos os itens são autoexplicativos. Mas, há alguns que precisariam ser explicitados. Não vou fazer isso agora. Só explicarei o que não estiver claro se voltar a palestrar sobre o mesmo tema.

Para interessados, segue o roteiro da dita palestra.

Usos Educacionais dos Novos Meios de Comunicação
Roteiro de Palestra: 1993
MENU PRINCIPAL
1. Questões de método
2. Por que a escola perdeu a graça?
3. Agendas ocultas das novas tecnologias.
4. Como fracassar utilizando computadores em educação.
5. Shamoo no Sea World.
6. Unhappy end.
SUBMENUS
Questões de método:
• O bêbado e o spot de luz numa noite escura.
• Certeza, a pior forma de ignorância.
• Os turistas não viajam, colecionam estrelas.
• Os fabricantes de relógios.
Por que a escola perdeu a graça?:
• A seriedade dos jacarés.
• A escola e o ministério da verdade.
• Favelas, veleiros e videogames.
Agendas ocultas das novas tecnologias:
• Tecnologia e consumismo ignorante.
• O desperdício planejado.
• O fiasco transamazônico.
• Quando o réu é muito forte, as vítimas são condenadas.
• Perfil de uma nova espécie e os ciúmes de Otelo.
Como fracassar utilizando computadores em educação:
• Chame os especialistas.
• Seja pedagógico.
• Monte um laboratório.
• Escolha as melhores linguagens.
• Utilize inteligência artificial.
• Acelere a produção.
• Siga os conselhos de educadores ilustres.
Shamoo no Sea World:
• Cemitérios, museus e zoológicos.
• Abstrato, concreto e abscreto.
• As coisas ensinadas são falsas.
• Liberdade para as baleias.
Unhappy end:
• A tragédia dos computadores domesticados.
• Solipsismo, narcisismo e conhecimento.
• A empulhação das habilidades básicas.
• A agonia da sociedade literária.
• O irracionalismo da razão operante.
PRESS HELP (?) FOR MORE INFORMATION

Uma resposta to “Computadores nas escolas: cuidado com a domesticação.”

  1. profjc Says:

    Jarbas, eu uso regularmente o termo “Uso pedagógico das novas tecnologias digitais”, mas o significado desse uso é bem “selvagem”. Acho que temos figurinhas para trocar.😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: