068. Exemplo de WebGincana

Quadrinhos e Animação: Mundos de Outras Dimensões

Uma WebGincana para quem gosta de imaginação
[nível secundário ou universitário]

Disciplinas: Arte, História, Ciências Sociais, Comunicação.

Autor: Jarbas Novelino Barato
SENAC São Paulo 2005

[Menu Introdução Desafio Avaliação Conclusão Créditos e Referências]
Observação para autores e educadores

Esta WebGincana é um exercício que desenvolvi para sentir um pouco as possibilidades do modelo. Escolhi o tema quadrinhos e animação porque o mesmo oferece muitas possibilidades de bom uso de recursos disponíveis no espaço web. Nos levantamentos que fiz, constatei que o mundo dos cartoons e das demais produções que dele decorrem pode ser abordado a partir de textos, figuras (of course), sons (programas de rádio, arquivos sonoros de antigos filmes animados etc.), filmes (antigas obras de desenho animado, digitalizadas e disponibilizadas via internet). Além disso, no levantamento que fiz, articulei recursos em três idiomas (inglês, português e francês), circunstância que poderá levar os usuários a se familiarizarem com a diversidade lingüística necessária para um aproveitamento maior de informações disponíveis na rede mundial de computadores.

Cabe aqui uma observação incidental. Meios de comunicação e discursos ideológicos da modernidade costumam ressaltar a necessidade de domínio de dois ou mais idiomas. Navegações na internet mostram que essa voga tem certa dose de razão. Para bem se informar hoje é preciso contar com mais fontes que aquelas disponíveis em nosso idioma nativo. É certo que para obter informações mais completas é preciso navegar por sites e portais em inglês, pois uns oitenta por cento (ou mais) dos conteúdos veiculados pela rede mundial de computadores estão nesse idioma. Para nós, as outras línguas latinas não são muito difíceis. Por isso é preciso pelo menos tentar trabalhar com informações em francês, espanhol, italiano e catalão. Em resumo: quem consegue navegar com alguma compreensão por fontes informativas em inglês e idiomas latinos tem oportunidade de encontrar mais facilmente o que procura. [num futuro próximo, com a melhoria dos tradutores eletrônicos, talvez isso seja uma possibilidade ao alcance de todos]. Com ou sem tradutores eletrônicos, vale a pena desafiar os interessados com materiais em idiomas estrangeiros. Estudos recentes em lingüística mostram que, mesmo sem estudo do idioma alvo, somos capazes de descobrir sentido do texto e adivinhar parte do vocabulário. Tal possibilidade depende de tentativas, entendimento de contexto, método e vontade de desvendar o significado do material disponível. Considerando todos esses argumentos, sugiro que em WebQuests e WebGincanas os autores indiquem em recursos pelo menos dez por cento de fontes em outros idiomas (preferencialmente inglês e espanhol).

Os quadrinhos e a animação são elementos importantes da sociedade da imagem em que vivemos. Eles desempenharam um papel primordial na formação cultural de muitas gerações no século passado [Essa circunstância é explorada com maestria por Umberto Eco em seu romance recente “A Misteriosa Chama da Rainha Loana”, Rio de Janeiro, Editora Record, 2005. Para um comentário na internet sobre o livro do Eco, copio, no final desta seção post do blog do Fantasma que inclui entre os recursos desta WebGincana e pode ser encontrado no seguinte endereço: http://o_fantasma.weblogger.terra.com.br/index.htm ,]. Parece que hoje os quadrinhos perderam muito de sua antiga importância nos meios de comunicação. Em parte foram substituídos pelos personagens dos jogos eletrônicos que tanto atraem os jovens de hoje. Os desenhos animados ainda têm bastante força, sobretudo por causa da televisão e de eventuais filmes de sucesso. Mas nem uma nem outro ocupam o lugar de destaque que já tiveram no século passado.

Histórias em quadrinho e animações são exemplos clássicos da cultura de massas. Como mostra Eco no romance atrás mencionado, esses formatos da mídia ocuparam a imaginação e sentimentos de muitas gerações mundo afora. Embora tenham perdido espaço para a TV e para os computadores, quadrinhos e animações são meios modernos que deram grande destaque a duas mídias hoje também secundarizadas: a imprensa e o cinema.

:: FANTASMA E MANDRAKE, NO NOVO LIVRO DE UMBERTO ECO!
Os leitores do FANTASMA NEWS tiveram o imenso prazer de ler, em nosso post de 28/1/2005, um belíssimo artigo intitulado ‘Mandrake: Um Herói Italiano’, de autoria do grande intelectual italiano Umberto Eco, cuja obra de maior fama é o romance ‘O Nome da Rosa’, posteriormente adaptado para o cinema em um filme estrelado por Sean Connery.
No texto, Eco, em um estilo maravilhosamente saudosista, disserta sobre como os quadrinhos foram fundamentais para a sua formação intelectual e de caráter. Você percebe, em cada linha, uma perfeita compreensão das alegorias e mensagens contidas nos grandes mitos das HQ’s. O Fantasma é carinhosamente citado. Mandrake, também.
E eis que o grande autor italiano nos surpreende, e trás à luz uma obra-prima: seu mais novo romance, ‘A Misteriosa Chama da Rainha Loana’. No livro, novas reminiscências de infância e juventude, vários personagens de quadrinhos citados, tudo isso tendo como pano de fundo histórico a ascensão do fascismo na Itália.
A título de curiosidade, vale dizer que o nome da obra é a mesma de uma aventura dos personagens italianos Cino e Franco: ‘La Misteriosa Fiama Della Regina Loana’.
Confira, abaixo, um resumo do livro, e sua ficha técnica!
“Imagine acordar um dia e perceber que você perdeu a memória. Não sabe onde está, como se chama, quem é sua mulher (ou marido), se é casado ou não, quem são (se é que existem) seus filhos… É o que acontece com Yambo, o protagonista do novo romance de Umberto Eco, ‘A Misteriosa Chama da Rainha Loana’. Yambo lembra-se de Waterloo, de como se dirige um automóvel e se escova os dentes, mas não lembra quem ele é. Permanece a memória semântica (sabe tudo que leu sobre Napoleão ou Julio César e consegue citar trechos inteiros da ‘Divina Comédia’) e automática, mas perdeu-se a memória afetiva, o que constitui seu ser e sua própria história.
Depois do coma que causou a amnésia, por recomendação médica, Yambo viaja para a casa de campo que fora de seu avô (um colecionador de tralhas, quinquilharias, jornais e revistas antigas), nas montanhas do Piemonte, onde passou grande parte de sua infância e adolescência. E é lá que Yambo, na verdade Giambattista Bodoni, um comerciante de livros antigos já na meia-idade, mergulha em sua própria vida. Com a ajuda de músicas, odores, livros e quadrinhos, coisas que viu e tocou há sessenta anos, Yambo tenta retornar para o presente. De Flash Gordon e Dick Tracy ao primeiro amor, Umberto Eco resgata sua própria juventude, misturando-se, página a página, com seu protagonista.
Justificando o subtítulo, ‘Romance Ilustrado’, Eco passou dois anos à procura de imagens e ícones que representassem a memória de Yambo (e a sua própria). ‘A Misteriosa Chama da Rainha Loana’ recompõe a história da Itália dos anos 1930 e 40. Eco traz à tona histórias de Julio Verne; discos de 78 rotações; figurinhas de álbuns famosos; gibis; as obras de Emilio Salgari; canções populares, por onde passam jovens frágeis e inesquecíveis (‘Signorinella Pallida’), outras, apaixonadas (‘C’eravamo Tanti Amati’), ousadas, patriotas (‘Le Ragazze di Trieste’); além dos hinos fascistas, com suas promessas de perenes primavera e juventude (‘Primavera’, ‘Giovinezza’), visando ao fortalecimento moral das fronteiras do Império Italiano. E mais, o rádio de galena, as ondas curtas e a BBC de Londres. Toda uma semiologia que leva aos tempos do Fascismo e às portas da Segunda Grande Guerra. Montado o quebra-cabeça, ‘A Misteriosa Chama da Rainha Loana’ revela-se a autobiografia de uma geração. Um romance-fábula sensível que mostra que, muitas vezes, é preciso revisitar o passado para viver o presente. Um livro emocionante, cheio de calor e lembranças, de suspiros e saudades.”
>>Lançado no Brasil pela Editora Record; 454 Páginas; Tradução de Eliana Aguiar; Preço Médio: R$ 49,90
Introdução
Vivemos cercados por imagens por todos os lados. As imagens são produzidas para nos passar alegria, humor, prazer, graça, informação, valores e muito mais. Essa fartura de reproduções do mundo ou de criações da imaginação começou há uns 160 anos e nunca parou de aumentar. Somos uma Sociedade da Imagem. Assim que a facilidade de produzir imagens para consumo de massas tornou-se possível, surgiram as histórias em quadrinhos. E logo no começo do cinema-espetáculo os quadrinhos migraram para a tela e se tornarem desenhos animados.

Nesta WebGincana vamos mergulhar no mundo fascinante de personagens que marcaram época na vida de cultura e lazer de muitas gerações. Vamos explorar um pouquinho de uma história de beleza, sonho, imaginação num dos setores mais criativos da Sociedade da Informação.

Desafio

Para participar desta WebGincana é preciso formar um time de quatro pesquisadores que juntos enfrentarão as questões propostas a seguir. É bom ler todo o conjunto de perguntas e atividades antes de começar. Depois dessa leitura, convém que o grupo pense algumas formas de distribuir o trabalho entre seus membros para conseguir resultados em menos tempo.

Reparem que algumas questões são aparentemente mais fáceis e dependem apenas de buscas na internet. Outras questões exigem mais. Além de encontrar respostas na internet, elas demandam produção de alguma coisa e buscas em ambientes fora do laboratório e/ou sala de aula. Planejem bem o que fazer para não perderem tempo.

Se vocês já estão prontos para essa aventura no mundo muito imaginativo dos quadrinhos e dos filmes animados, vamos em frente. Tentem vencer, o mais rápido possível, o desafio que segue. Lembrem-se de que todas as respostas das quais vocês precisam podem ser encontradas na lista de sites que aparece na seção Recursos desta WebGincana.

1. Descubram o nome do desenhista de Histoire de M. Jabot, publicada em 1833. [1 ponto]
2. Em O Segredo das Caveiras, antiga história do Fantasma, quem encontra a primeira caveira de cristal no museu etnográfico de Morristown? [3 pontos]
3. Ouçam o programa Archiving Classic Animated Films and Cartoons, da NPR, e descubram o nome da dona de muitas vozes que apareceram nos antigos desenhos animados. Se vocês tiverem dificuldade para descobrir o nome solicitado, é permitido recorrer a amigos ou conhecidos que dominem bem o idioma inglês. Seu professor aceitará como corretas algumas possíveis variações do sobrenome da dona da voz a ser ouvida. [5 pontos]
4. Relacionem os nomes dos deuses e heróis cujas letras iniciais formam a palavra Shazam, fórmula mágica que transforma Billy Batson no Capitão Marvel. [2 pontos]
5. Qual era o nome original (alemão) da famosa história em quadrinhos Os Sobrinhos do Capitão? [1 ponto]
6. Em que ano a tira Mutt e Jeff estreou no San Francisco Chronicle? [1 ponto]
7. Em 1935 a história em quadrinhos Flash Gordon foi adaptada para qual meio de comunicação? [1 ponto]
8. Quem é o autor da arte de Adventures in Synthetic Biology? Essa história em quadrinhos foi publicada na revista científica Nature. Qual o nome dos cientistas que a assinam? [1 ponto]
9. Dois personagens adultos que entram em Os Sobrinhos do Capitão alguns anos depois da criação da história dos gêmeos e passam a fazer parte do elenco permanente de todas as tramas. Quem são eles? [2 pontos]
10. Que personagem Otto Soglow desenhou para o jornal do magnata Hearst antes do Reizinho aparecer na mesma publicação? [1 ponto]
11. Organizem num arquivo Word um álbum eletrônico com sete composições da obra The Little Trapper, de Gustaf Tenggren. Escolham e escrevam um título (da autoria de vocês) para cada composição escolhida. [10 pontos]
12. Encontrem uma reprodução de The Yellow Kid e façam, à mão livre, uma cópia da mesma numa folha de papel. [10 pontos]
13. Encontrem uma “tira” de O Reizinho. Copiem-na, quadro a quadro e na seqüência correta num arquivo Word. Imprimam o resultado numa folha de papel. [5 pontos]
14. Imprimam figuras mostrando cada um dos seguintes personagens: Flash Gordon, Pinduca, Os Sobrinhos do Capitão e Jeff e Mutt. Retirem das cópias qualquer pista escrita que possa revelar os nomes dos personagens. Procurem dez pessoas com mais de quarenta anos e peçam a elas para identificar os personagens mostrados nas cenas (registrem nome, idade e sexo das pessoas entrevistadas, além dos erros e acertos em cada caso). Entreguem o correspondente relatório de pesquisa para seu professor ou professora. Tragam para a escola uma das pessoas que identificou mais personagens e peçam a ela para contar para seus colegas de outros grupos como conheceu os personagens identificados. [47 pontos]
15. Escolham um personagem de histórias em quadrinhos criado antes de 1940. Tentem encontrar (em biblioteca ou em acervos de colecionadores) uma revista ou jornal com uma história do personagem escolhido. Levem o exemplar da publicação até a escola e mostrem-na para o seu professor. [10 pontos]

Recursos

Vocês encontrarão todas as respostas de que precisam nos seguintes endereços da Internet:
• Les Pionniers (1833-1908)
• Fantasma News
• NPR – programs and schedules
• Capitão Marvel
• Opera Graphica
• Burburinho
• Pulp Heroes
• ASIFA- Hollyood Animation Archive
• The R. F. Outcault Gallery
• Bricabrac
• Pulp heroes
• HQcoisa
Guia para Respostas

Esta seção não fará parte da WebGincana dos alunos. Apresento-a aqui como uma referência para professores.
Les Origines: http://www.cyberacadie.com/bd/1.htm
Resposta para pergunta 1: Rodolphe Töppfer:

Segredo das Caveiras : http://fnhq.weblogger.terra.com.br/index.htm
Resposta para a pergunta 2 : Minerva Brooks

Programa NPR : http://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=3919181
Resposta para a pergunta 3: June Foray

Shazam : http://www.super-herois.com.br/shazan.html
Resposta para a pergunta 4: Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio.

Sobrinhos do Capitão : http://www.operagraphica.com.br/a_materia/mat_sobri_01.htm
Resposta para a pergunta 5: The Katzenjammer Kids

Mutt and Jeff : http://www.burburinho.com/20020625.html
Resposta para a pergunta 6: 1907.

Flash Gordon : http://home.comcast.net/~cjh5801a/Flash.htm
Resposta para a pergunta 7: rádio.

Aventures in Synthetic Biology : http://www.nature.com/nature/comics/syntheticbiologycomic/index.html
Resposta para a pergunta 8: Chuck Wadey, e Drew Endy & Isadora Deese

Capitão e Inspetor : http://www.operagraphica.com.br/a_materia/mat_sobri_01.htm
Resposta para a pergunta 9: Capitão e Inspetor

O Reizinho : http://www.bricabrac.com.br/reizinho_historia.htm
Resposta para a pergunta 10: O Embaixador

ASIFA- Hollyood Animation Achive : http://www.animationarchive.org/2005/11/media-gustaf-tenggrens-little-trapper.html
Resposta para a pergunta 11: [desenhos de Gustaf Tenggrens]
Galeria Yellow Kid: http://www.neponset.com/yellowkid/gal1.htm
Resposta para a pergunta 12: [Galeria Yellow Kid: várias figuras]

O Reizinho : http://www.bricabrac.com.br/reizinho_historia.htm
Resposta para a pergunta 13: [Clique Aqui para ver cartoon]

Vários sites :
http://home.comcast.net/~cjh5801a/Flash.htm
http://hq.cosmo.com.br/TEXTOS/HQCOISA/h0105_pinduca.shtm
http://www.burburinho.com/20020625.html
Respostas para a pergunta 14 : [figuras correspondentes em vários sites]
Les Pionniers : http://www.cyberacadie.com/bd/1.htm ; Les fondateurs: http://www.cyberacadie.com/bd/2.htm
e vários outros
Resposta para a pergunta 15 : qualquer personagem criado antes de 1940.

Avaliação

Para cada pergunta respondida corretamente, assim como para cada atividade executada de acordo com o solicitado, vocês receberão o ponto ou pontos assinalados logo depois de cada questão/atividade. Em cada questão repondida ou atividade realizada, o grupo que chegar primeiro a uma conclusão correta e aceita pelo professor ou professora receberá um bônus equivalente ao dobro da pontuação assinalada para o item. O grupo vencedor da gincana poderá receber um prêmio oferecido pela escola ou pelo professor ou professora.

Conclusão

Esperamos que vocês tenham percebido que o mundo dos quadrinhos e dos desenhos animados é atraente e maravilhoso. Cada personagem com o qual vocês entraram em contato mostra um aspecto de arte popular, um momento da história, muitas sugestões de sonho e aventuras. Mas essa WebGincana foi só um começo. Se vocês quiserem saber mais sobre o tema há muita coisa para ser vista, estudada e admirada. Conhecer mais os quadrinhos e os desenhos animados é um passo importante para compreendermos a nossa Sociedade da Imagem.

Créditos e Referências

Este trabalho ainda é provisório. Ainda não conversei sobre ele com alguns companheiros da equipe, nem recebi ainda feedbacks ou informações que devam ser regitrados. Por isso, não registrei aqui os devidos créditos e referências.

Conclusâo da primeira versão : São Paulo, 28 de dezembro de 2005.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: