Ciência militante

Resultados de investigações científicas podem contrariar interesses de grandes companhias. A briga da indústria do fumo com muitos cientistas é um exemplo clássico no ramo.

No momento, a imprensa americana está dando grande destaque ao trabalho do cientista Tyrone Hayes, da Universidade da Califórnia em Berkeley. As investigações de Hayes mostram que atrazine, um herbicida muito utilizado nas plantações de milho dos Estados Unidos, pode causar sérios problemas à saúde, sobretudo para a saúde de populações cuja água potável pode estar contaminada pelo herbicida.

Syngenta, a poderosa companhia que produz o atrazine fez tudo que pode para calar Hayes, para desacreditá-lo como cientista. Mas, ele não fugiu da luta. Continuou suas pesquisas e sustentou discussões com cientistas financiados pela multinacional que procuravam desqualificar as conclusões de suas pesquisas.

Trago para cá um programa em que Hayes conversa longamente com âncoras do programa Democracy Now. Segue link:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: