Juventude, Trabalho e Educação

Participei de simpósio da Unesco sobre Ensino Médio Integrado. No evento, preparei uma breve comunicação para introduzir a discussão sobre formação de docentes para o ensino técnico. Além disso, após o evento, a Unesco me convidou para escrever um capítulo-sintese sobre o que tinha rolado no evento. Indico aqui link para os dois textos, publicados em livro editado pela Unesco.

Anúncios

Uma resposta to “Juventude, Trabalho e Educação”

  1. Danielle Guglieri Lima Says:

    Professor, com relação ao livro indicado, no fragmento que fala da complementação pedagógica:

    “A última provocação: sempre se afirma que os professores que vão trabalhar com educação profissional precisam fazer complementação pedagógica, caso contrário, não farão um bom trabalho didático, nãodarão boas aulas. Não tenho tanta certeza disso, pois acho que algumascomplementações pedagógicas pioram o desempenho destes professores” (p.204)

    penso ser verdade, pois nós professores somos taxados quanto ao que sabemos teoricamente e não como fazemos para ensinar, pois alguns métodos não tradicionais funcionam muito mais do que outros, mas somos, mesmo nas universidades, impossibilitados de usar.

    Vemos no ensino superior uma multidão de professores que sabem ministrar apenas com uma disciplina e quando estamos dispostos a fazer algo diferente nos dizem que não temos “aderência” porque nossa formação é diferente da do curso….mas na verdade a vontade de fazer e a busca pelo ensino vale muito mais, ao meu ver, do que os valores preconcebidos pela sociedade.

    Talvez um professor com ideias inovadoras saiba ouvir melhor seus alunos quanto ao trabalho que exercem do que os céticos imbuídos do conhecimento apenas teórico.

    É claro que não estou dizendo que tal conhecimento não importa, pela contrário, mas acredito que se visse o ensino para o trabalho e para a vida de maneira real saberíamos que só a técnica pode ser aprendida nos livros,pois o professor em consonância com seus alunos sim é quem faz o diferencial no processo educacional.

    Gostei da obra, vale a penas conferir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: