A praga do pedagogês

Nas academias e no ministério da educação falam um idioma que não entendo, o pedagogês. Acadêmicos pacientes me explicaram que tal linguagem é necessária para conferir maior objetividade ao discurso. “Ela é”, dizem eles, “uma linguagem científica”. Não fico convencdo. Acho que o tal discurso é obscuro, feio, chato, horroroso.

Hoje, ao ler o texto Limites do relativismo cultural, no ótimo De Rerum Natura, deparei-me com mais uma jóia do pedagogês, trecho de um texto escrito por eduburocrata do ministério da educação de Portugal. Ele nada fica a dever a nossas teses de doutorado das faculdades de educação ou a documentos do nosso MEC:

  “Tendo em vista melhorar a eficácia da resposta educativa aos problemas surgidos da diversidade dos contextos escolares e assegurar que todos os alunos aprendam mais e de um modo mais significativo, o Departamento da Educação Básica editou (…) agora “Histórias do Povo Cigano”, adaptadas a crianças, contribuindo para a construção de uma escola de qualidade, mais humana, criativa e inteligente. Os excertos de histórias aqui apresentados resultam de uma recolha (…) entre Junho e Dezembro de 1998, no âmbito do Projecto “ROM-SF” (Programa Sócrates), desenvolvido em parceria com os Ministérios da Educação da Suécia e Finlândia. Conscientes da multiplicidade de situações quotidianas, queremos apenas sugerir-lhe algumas abordagens possíveis, que não se esgotam aqui (…) o(a) professor(a) poderá seleccionar competências, organizar conteúdos e desenvolver o seu trabalho, segundo a concepção de estratégias/actividades diversificadas que criem condições para a transversalidade das aprendizagens, numa perspectiva de desenvolvimento integral do aluno e de uma efectiva educação para a cidadania.”

 

Anúncios

2 Respostas to “A praga do pedagogês”

  1. araujodoralice Says:

    É triste; entendo perfeitamente a sua indignação, Jarbas.

  2. Vanusa Valerio Says:

    Penso que a “burocratização” do texto afasta o leitor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: