Epistemologia heideggueriana de Paulino da Viola

No post passado, exemplifiquei atividade de transformação de informação (direção síntese>expansão), sugerindo verso de Paulinho da Viola como ponto de partida para conversas sobre conhecimento. Pra quem sabe um pouco de filosofia, o verso de Paulinho pode ser ilustração para entendimento de ser-no-mundo como conhecimento das coisas que está na base do saber humano. Um livro para se ler aqui é Designing Technology in the Postmodern Age.

O post passado ainda deve estar fresco, mas não custa repetir aqui o verso de Paulinho da Viola:

As coisas estão no mundo, só que eu preciso aprender.

Se alguém estiver interessado em se inspirar na experiência de transformação de informação que já experimentei com alunos meus de epistemologia, segue aqui a referência filosófico-musical:

http://letras.terra.com.br/paulinho-da-viola/204148/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: