Mais bárbarie

Deixo de lado educação e tecnologia por alguns momentos. Ou talvez não. Afinal de contas, superar a bárbarie, ameaça permanente, é a tarefa mais nobre da educação. E vou direto ao ponto. Hoje publiquei no meu Facebook a seguinte nota:

Vi as imagens da morte do Gaddafi. Tudo indica assassinato e atos de barbárie. O novo poder na Líbia parece não avançar em termos civilizatórios. Sai um ditador bárbaro, entra uma turba idem, apoiada por países cujo único interesse genuíno é posse dos poços de petróleo. Olhei, em vão, colunas opinativas da Folha. Em nenhuma delas há qualquer consideração sobre bárbarie que tende a continuar, com apoio da OTAN e aplausos do Obama.

Não farei qualquer comentário sobre tal nota. Apenas trago-a para cá como convite para que prováveis leitores pensem na notícia internacional de maior destaque ontem e hoje.

Anúncios

Uma resposta to “Mais bárbarie”

  1. jarbas Says:

    Uso este espaço de comentário para um complemento. Acabo de ver o noticiário noturno na TV. Imagens chocantes dos ‘rebeldes’ na Líbia. Fiz mais um registro no face:

    “Acabo de ver no JN vídeos da captura e assassinato do Gaddafi. Bárbarie. Não preciso comentar ou argumentar. As imagens dizem tudo. Mas, há um detalhe que quero registrar. O jornalão da Globo apresentou um vt mostrando fila imensa de pessoas que passam pelo cadáver do ex-ditador, jogado sobre um enxerga no chão, e o fotografam. Cena de filme de horror. O que esperar de ‘rebeldes’ que assim se comportam?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: