Rádio e informação de qualidade

Nos Estados Unidos, desde cedo aprendeu-se que rádio e televisão não deviam ser educativos. Programas escolares nesses dois veículos são um porre que ninguém merece. Qual a saída? Rádio e TV públicos.

Durante os dois anos que vivi em San Diego, minha rádio preferida era a KPBS, uma emissora pública com programas fantásticos. Boa parte desses programas eram produtos para toda a rede NPR (National Public Radio), e muitos deles ainda continuam no ar (a ótima revista radiofônica Fresh Air, por exemplo).

A mudança ocorrida nos EUA, com o abandono de pretensões educativas para os dois veículos e inauguraçao de uma linha que recebeu nome de mídia pública é muito interessante para análises de educadores e profissionais de comunicação. Quem quiser mergulhar no assunto tem agora uma oportunidade, acaba de sair ótimo artigo sobre o assunto no blog do New York Review of Books. O texto em questão pode ser encontrado a partir de um clic no título que destaco a seguir.

Anúncios

Uma resposta to “Rádio e informação de qualidade”

  1. Paulo Oliveira Says:

    No Brasil do lulismo rádio e tv estataIS é, se não uma catástrofe no mínimo uma piada. É reviver a KGB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: