Vida, muita vida

Faz algum tempo que publiquei aqui um post com o título Velho! Nele falei de um caso pessoal de atendimento na recepçao de um edifício. Sugeri que velhos são vistos mas não enxergados. Relacionei minhas conclusões com educação e com um futuro próximo com muita gente madura.

Vejo agora um vídeo com música de Nathalie Merchant. O tema é um amor antigo que se vai. Lembrei-me do drama de um amigo, Steen Larsen. Depois que ele perdeu Christen, um amor de quase meio século, não conseguia mais ver sentido na vida. A letra da música parece ser uma crônica da dor de Steen. Espero que ele tenha mudado um pouco e esteja se dedicando com entusiasmo aos netos.

Para quem não sabe, Steen Larsen é um dos maiores educadores da Dinamarca e tem textos indispensáveis sobre tecnologia educacional. Tem também um belíssimo texto sobre Paulo Freire. Esse texto de Larsen está aqui, em páginas. Veja-o em  Pedagogia da Esperança: Uma conversa com Paulo Freire.

Este é um post com textos esparsos, do tipo uma coisa puxa a outra. Mas, preciso voltar à minha intenção original: divulgar mais uma performance imperdível de Nathalie Merchant. A razão pela qual quero fazer isso está ligada a uma de minhas insistências com os alunos: mostrar sentimentos por meio de imagens. Aliás, como estou vendo em Echo Objects: The Cognitive Work of Images, as imagens não retratam apenas sentimentos. Elas são base de muitos de nossos conceitos mais importantes. Acho que quem postou o vídeo no Youtube sabe disso muito bem.

Segue letra da música:

You were the love
for certain of my life
you were simply my beloved wife
I don’t know for certain
how I’ll live my life
now alone without my beloved wife
my beloved wife

I can’t believe
I’ve lost the very best of me

you were the love
for certain of my life
you were simply my beloved wife
I don’t know for certain
how I’ll live my life
now alone without my beloved wife
my beloved wife

I can’t believe
I’ve lost the very best of me

you were the love
for certain of my life
for 50 years simply my beloved wife
with another love I’ll never lie again
it’s you I can’t deny
it’s you I can’t defy
a depth so deep
into my grief
without my beloved soul
I renounce my life
as my right
now alone without my beloved wife
my beloved wife

my beloved wife
my love is gone she suffered long
in hours of pain
my love is gone
now my suffering begins
my love is gone
would it be wrong if I should
surrender all the joy in my life
go with her tonight?

my love is gone she suffered long
in hours of pain
my love is gone
would it be wrong if I should
just turn my face away from the light
go with her tonight?

Anúncios

2 Respostas to “Vida, muita vida”

  1. Fabiana Dias Says:

    Prof. Jarbas,
    estou trabalhando em minha pesquisa de mestrado sobre a educação profissional técnica de nível médio, e gostaria de contar sua participação respondendo um questionário.
    Mas não consigo encontrar seu e-mail, para poder enviar maiores detalhes sobre a pesquisa.
    Se houver disponibilidade para responder ao questionário, peço ao senhor que me envie seu e-mail para que eu possa lhe enviar as informações.
    Obrigada pela atenção,
    Fabiana Dias
    fabianasdias@gmail.com

  2. Débora Says:

    Olá professor Jarbas,

    Se a intenção era sensibilizar seus alunos acredito que tenha conseguido. Além das belissimas imagens essa canção é bem emocionante. Dá pra entender o sentimento do seu amigo, apesar de ainda ser muito nova pra isso. Quem nunca sonhou com um amor “pra toda a vida”, desde que essa vida seja a nossa e não a da pessoa que se ama. Sempre ouvi minha avó dizendo que se meu avô partisse ela não aguentaria e iria junto. Apesar de sua vontade viveu mais 10 anos, dedicou esse tempo a seus filhos e a nós, os netos. Acho que conseguiu conviver com a dor, mas não superar. Como diz a música: “perdi o melhor de mim”. É possivel viver bem, feliz sem a melhor parte que existia em você?

    Beijosss

    Débora Camasmie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: