O som do X

Hoje encontrei no chão do ônibus um post-it com os seguintes dizeres:

  • 35 horas estras.

Alguém mais rigoroso contaria esta história apontando a má qualidade da educação brasileira como culpada por “tão grande disparate”. Não compartilho tal ponto de vista. E o autor da nota que encontrei conta com minha simpatia. O uso do X na língua portuguesa é um bruta desafio.

A gente nunca sabe que som deve ter o X numa palavra que vemos pela primeira vez. E se apenas ouvirmos a mesma palavra, provavelmente iremos grafá-la de modo incorreto. De farra, elaborei um pequeno texto (ou será testo?) que mostra variações fonéticas no uso do X.

Ex-empregado reclama horas extras na companhia de taxi. Quer maior taxa de correção em seu acordo. Sua excelência, o advogado, prevê êxito.

Como veem, o uso do X é exigente, extraordinário, mas frouxo. Críticas a erros rementem-nos à axiologia.

Anúncios

2 Respostas to “O som do X”

  1. Tweets that mention O som do X « Boteco Escola -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by Robson Freire and Jarbas Barato, giovannarufini. giovannarufini said: RT @robsongfreire: RT: @Novelino: Som do X em português.Não é fácil. Confunde. http://bit.ly/ddcKKt […]

  2. Giovanna Rufini Says:

    Adorei a ideia do Boteco Escolar!
    Encontro vocês no Twitter?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: