Archive for 10 de abril de 2010

Bebadosamba

abril 10, 2010

No post passado, ao falar de boteco e cultura, uma das minhas memórias imediatamente me fez lembrar de Bebadosamba de Paulinho da Viola. Outra memória me disse que as músicas de boteco andam pendendo muito para aqueles conjuntos de oito pessoas que mal conseguem cantar em uníssono caricaturas de samba. Para lembrar que bons botecos merecem boa música, sugiro audições do grande Paulinho.

Paulino é boa prosa. Tive o privilégio de participar de um papo com ele logo depois de um show em homenagem a Lupicínio Rodrigues. Beleza de conversa. O grande músico é gente finíssima e prosea bonito com aquela voz aveludada que Deus lhe deu. Queria muito ter outra vez o privilégio de uma conversa com ele. E prá não ficar só na conversa, vai aqui uma interpretação de Bebadosamba na qual Paulinho é acompanhado pela bela Camila Pitanga.

Boteco é cultura

abril 10, 2010

Acabo de linkar o Boteco Cultural a este blog. A casa merece ser visitada. Para que vocês tenham uma idéia das qualidades do lugar, copio aqui o texto de apresentação da mesmo:

por que boteco?

O Boteco Cultural é uma revista eletrônica que pretende falar de toda e qualquer manifestação no campo da expressão estética. Mas também da cultura como o ponto de acordo de uma sociedade; a expressão de uma força que molda e rege o conjunto de crenças, comportamentos, valores, linguagem.

Para quem acha que esse papo já ficou sério demais, um aviso: o Boteco quer estar plenamente sintonizado com seu meio, a web. Ou seja, buscamos um fazer jornalístico expresso, informal e em construção permanente. E, só pra não esquecer, irreverente também.

Por esse motivo, um boteco. Afinal, qual lugar mais à vontade, descontraído e democrático que conhecemos? Além disso, fazemos com os limões de nossa fragilidade em relação ao mercado, a nossa limonada. Mercado do qual nada escapa, principalmente a cultura.  Por esse motivo, Boteco Cultural.

Esperamos que você, que teve a curiosidade e infinita paciência de ler este texto, continue por aí.

Beba da cultura!