Boteco: uma instalação de arte

Meu amigo Antônio Morales acaba de enviar notícia a respeito de evento cultural sobre botecos. Trata-se de instalação que pode ser vista no SESC de Bauru por estes dias. Fiel ao propósito de divulgar informações sobre botecos, reproduzo aqui matéria publicada pelo Jornal da Cidade [de Bauru], Suplemento Cultura, de 11/01/2010.

Antes de reproduzir a matéria, repito idéia que divulgo desde a inauguração deste Boteco Escola. Há espaços privilegiados para a conversa. No nosso meio, o melhor espaço para um papo livre, descontraído, autêntico, descompromissado, inteligente, engraçado, vivo, apoiado por petiscos e cerveja é o boteco.

O botequim da Internet é o blog. Às vezes alguém se esquece disso e cria blogs acadêmicos, sisudos, na contramão da boa conversa. Por isso vale a pena sempre voltar aos botecos onde é possível tomar uns tragos com o umbigo colado num balcão, colocando o papo em dia e fazendo novas amizades. Essa volta aos botecos originais faz com que reavivemos os blogs como espaços de conversa.O texto enviado pelo Morales diz isso muito melhor que eu. Vamos a ele.

O que em Portugal era botica,
loja onde se vendia mantimentos
e miudezas, no Brasil se
popularizou, virou boteco, um dos
espaços onde mais se revela a cultura
popular. De política a futebol, passando
pela música e por assuntos
sentimentais, tudo se discute no bar.
Há até quem considere que frequentar
botequim equivale a uma terapia.
“Se chego nervoso, logo
descontraio. Alguém faz uma brincadeira,
uma piada, e se esquece do
problema”, explica o chaveiro José
Carlos de Oliveira Campos, que se
considera um botequeiro de
carteirinha. Pelo menos uma vez por
semana, tem de ir para o bar. É entre
uma cerveja e outra, que põe o papo
em dia com os amigos, faz novas
amizades, come um petisco e volta
para casa relaxado.
Por defender que boteco é espaço
familiar sim, José Carlos, que entre
outros estabelecimentos frequenta o
Bar da Rosa, costuma levar os filhos
consigo. “Hoje eles – são quatro – já
são adultos, mas quando eram menores
também me acompanhavam.
Bar é onde encontro amigos e faço
novos. Falo da minha vida e ouço
muito. Só tem de saber entender todo
mundo”, afirma.
Como ele, são muitos os
frequentadores de boteco. Em Bauru
são cerca de 600 estabelecimentos denominados
bares e lanchonetes, segundo
o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes,
Bares e Similares. Esse caldeirão
cultural que é o botequim, que pode
ser muito simples, rústico ou sofisticado,
é tema de instalação no Serviço
Social do Comércio (Sesc) de Bauru.
Quem visitar o Sesc até o dia 28 de
fevereiro poderá conferir a instalação
das artistas plásticas Gigi
Manfrinato e Sandra Lee, que é composta
por 16 personagens-esculturas
em tamanho natural, e que retratam
situações cotidianas de um bar. ❝
Fala-povo
“Significa reunir os amigos,
distração.”
❝ Rafael João de Lion
“O fechamento de um
dia inteiro de trabalho.”
Vinicius Biondo
 Ricardo Lion
“Colocar o papo em dia,
trocar ideias.”
O que
significa
frequentar
bar?
IEDA RODRIGUES
Boteco, um espaço de cultura popular
Os visitantes também poderão conferir
alguns dos bonecos que pertencem à
famosa exposição “A Fila” e outros da
última intervenção das artistas, “Cenas
Corriqueiras”.
Com forte influência da linguagem pop,
as esculturas estabelecem uma rápida ligação
entre o espectador e o objeto, levando
o público a interagir com os bonecos,
tornando-se parte deles. Em entrevista ao
Sesc, Sandra e Gigi revelam que seus trabalhos
retratam situações rotineiras, pois o
público sempre se identifica com os personagens
e ao final acabam se confundindo
com eles, criando um diálogo.
Para a confecção dos bonecos foi utilizada
a técnica do empapelamento, em
que a estrutura é feita com um mistura de
cola, gesso, papel machê, fibra de vidro e
tinta para dar o acabamento. Em média,
os bonecos consumiram três meses e
meio de trabalho das artistas plásticas.
Serviço
A instalação “Botequim”, no Sesc
de Bauru, segue até 28 de fevereiro.
Grátis. O Sesc fica na av. Aureliano
Cardia, 6-71. Mais informações pelo
telefone (14) 3235-1750, de terça a
sexta, das 13h às 21h30, e sábado,
domingo e feriado, das 9h30 às 18h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: