Ensino público e qualidade da educação

A escola pública americana é vista por muitos como a great equalizer (uma iniciativa na direção da igualdade). Nos velhos tempos, em pequenas cidades, uma das primeiras inciativas da população era a de abrir uma escola. Muitos já viram em filmes gringos aquele prédio com uma única sala onde  alunos de diversos níveis conviviam no mesmo tempo e espaço. Mike Rose observa que no final do século XIX essas escolinhas de sala única atingiram o número de 450.000 nos EUA. E ainda hoje há quase  mil delas na zona rural e pequenas povoações.

A escola pública no país do Tio Sam continua  a ser uma das instituições mais importantes na efetivação da democracia. Mas, o ensino público americano tradicionalmente é acusado de não cumprir o seu papel. No famoso relatório A Nation at Risk, de 1983, a comissão de especialistas que examinou o estado das escolas gringas na época observou:

Se um poder estrangeiro inimigo tivesse tentado impor sobre a América o desempenho educacional medíocre hoje existente, nós veríamos tal coisa como um ato de guerra.

Há certamente exagero nas críticas á escola pública americana. No geral, a crítica vem da direita, sempre disposta a acusar o estado de incompetente. Mas essa direita não é burra. Em muitas análises aponta erros e inconsequências. Por outro lado, educadores de esquerda procuram mostrar que a escola pública americana pode ter e tem um papel importante na educação nacional e formação da cidadania. As discussões lá existentes são bem diferentes das nossas, até porque, apesar de todas as críticas, as escolas públicas são o espaço de educação da grande maioria da população no país do Obama.

Podemos aprender com o debate americano. Podemos aprender com o princípio lá concretizado de uma escola pública para todos. Neste momento, há uma literatura que vale a pena ser lida sobre o assunto. Acabam de sair do forno dois livros importantes sobre o assunto: The Making of Americans: Democracy and Our Schools, de E. D. Hirsch Jr., e Why School? Reclaiming Education for All of Us, de Mike Rose. O jornal de livros The New York Review of Books, na edição de 19/11 a 02/12/2009, publica resenha imperdível sobre as duas obras. Interessados podem encontrar a resenha com um clic no destaque que segue.

Anúncios

Uma resposta to “Ensino público e qualidade da educação”

  1. Tweets that mention Ensino público e qualidade da educação « Boteco Escola -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by Paulo Simões, Jarbas Barato. Jarbas Barato said: Literatura sobre escola pública e democracia. Referência em http://alturl.com/3a4c […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: