Blogar pra que?

Quando proponho trabalho com blogs para meus alunos, uma pergunta sempre aparece: blogar pra que? A resposta não é simples. A resposta, no caso, precisa fornecer argumentos que mostrem vantagens e usos muito mais consistentes que entusiasmos com a ferramenta. A questão foi abordada num dos blogs que este Boteco relaciona como referência: o blog de Lilia Efimova.  Traduzo, para os fregueses da casa, de maneira livre, um dos apanhados feito pela autora.

Uma das coisas que assusta pessoas que não blogam é o tempo. Num mundo com tantos compromissos, blogar parece ser mais um deles. E é certo, é preciso tempo para:

  • Familiarizar-se com as ferramentas.
  • Construir uma rede.
  • Estabelecer relações com outros conversantes.
  • Ganhar credibilidade.
  • Encontrar e acompanhar fontes confiáveis.

Essa lista aplica-se a muitas outras dimensões da vida profissional. Entrar numa rede de conversação, com ou sem Internet, é atividade exigente. O mundo não nos procurará se não formos ativos. E blogar é uma versão de atividades necessárias se quisermos ter voz em comunidades de interesse que nos interessam. Não é uma atividade adicional, mas uma solução de integração profissional num ambiente de informação sem barreiras geográficas. Ainda não relacionei razões do pra que blogar. É hora de fazer isso.

Uso de blogs tem a ver com:

  • Consciência profissional
  • A leitura de blogs, em vez de leitura de listas e emprego de ferramentas de busca, pode proporcionar atualização em áreas de interesse.
  • Isso pode economizar tempo sempre que encontramos algo que já está pronto ou em processo.
  • Isso nos coloca num grupo de pesquisa – muitas vezes saberemos a quem recorrer para informação específica ou conselho.
  • A leitura de blogs é um modo barato de estabelecer contato com outros (desde que sejam blogueiros).
  • A publicação de blog expõe nosso trabalho e conhecimento, circunstância que facilitará o estabelecimento de contatos.
  • Os papos que rolam em blogs nos permitem obter respostas rápidas sem sermos demasiadamente entrões.
  • A prosa que acontece no pedaço gera desenvolvimento de idéias numa comunidade (na verdade em muitas comunidades).
  • Com alguma imaginação, publicações em blogs nos permitem recolher, interpreter e apresentar dados pois:
    • Ler outros blogs e ser um blogueiro nos  ajudam a instrumentar a busca de dados.
    • Blogar é um bom meio para obter feedback sobre modos de apresentação de dados de pesquisa.
  • Weblog como um caderno de notas de pesquisa:
    • registrando notas de leitura, avanço em pesquisas, idéias e publicaçõe
    • organizando notas em temas para apoiar o pensamento e facilitar futuras recuperações
  • Escrita
    • space to start writing que nos ajuda a começar com pequenas notas em trabalhos longos (um texto de tese de doutorado, por exemplo)
    • um espaço para obter feedback rápido (or urgent ) durante a escrita
  • Obtenção de apoio emocional (emotional support)
  • Trabalhos de pesquisa relacionados com o que fazemos.
  • Enredamento (um termo para sintetizar o “estar numa rede mundial de informações e interesses comuns”).
  • Conversações
  • Pesquisa

Creio que há muito mais. Mas o que registro aqui já basta para um começo de conversa.

Anúncios

4 Respostas to “Blogar pra que?”

  1. Thiago Says:

    Olá, Professor.
    Creio que manter um blog realmente não é uma tarefa fácil. Além de tudo o que já foi descrito acima, dois fatores imprescindíveis são: que se tenha o que dizer e que se esteja efetivamente envolvido e atualizado na rede de informação. Tendo isso, ai então poderemos dizer que também o “blogar” nos auxilia a estar envolvido e atualizado na rede de informação, além de nos auxiliar no desenvolvimento da escrita e, consequentemente, da atividade de reflexão.
    AbraÇO

  2. Doralice Araújo Says:

    A oportunidade de manter uma página acesa na rede é espetacular, mas é preciso estar consciente do compromisso, não é mesmo, Jarbas? Mirar o interlocutor, atentar às necessidades de novidade, manter um estilo, ousar na exposição das ideias e, sobretudo comunicar bem, mas nenhum desses ingredientes parece ser determinante se o interlocutor não interage. Eu, particularmente, aprecio a conversa com o leitor; ele é o meu estímulo e a quem envio minhas ideias.

    Há uma diversidade de leitores: os especialistas no tema, os que efetivamente contribuem à reflexão, os que não concatenam as ideias embora deixem um comentário ligeiro, os sistematicamente críticos, os fiéis e simpatizantes declarados e os que não dizem absolutamente nada, embora os marcadores de acesso registrem a sua presença. Todos são soberanamente bem-vindos. Quem escreve deseja ser lido, examinado – e se, possível, apreciado.

    Receba o meu abraço cúmplice na alegria de blogar, trocar figurinhas discursivas e ampliar a rede de contatos, sobretudo com quem mantemos afinidades temáticas. Vir ao BOTECO ESCOLA é sinceramente sempre uma grata surpresa – e fico muito honrada quando você aparece no NA MIRA DO LEITOR.

  3. margaretebarbosa Says:

    Oi Jarbas,
    Desde que embarquei nessa aventura que é a blogosfera, muita coisa no meu modo de pensar mudou. Acho que isso é uma das razões (além das que você já apontou) que justificam o ‘blogar’: ampliar os horizontes, mudar posturas mentais. Reconheço ainda que manter um blog é um desafio, e mais que isso, é um compromisso pessoal e uma responsabilidade com a blogosfera!
    Um abraço!

    Margarete Barbosa

  4. Débora Says:

    Olá Jarbas,

    Blogar é realmente uma experiencia interessante, vc pasa a conhecer pessoas, ler sobre diversos assuntos, conversar e saber o que as pessoas pensam sobre o que vc escreve. Além de possibilitar um espaço de escrita e criação que provavelmente não se perde, o que acontece muito quando escrevemos em diarios, cadernos, etc. Podemos depois de um tempo ler tudo o que foi escrito e perceber quanto mudamos com os passar dos anos, quanto nossas ideias se transformaram.

    Ainda espero sua visita no meu blog.

    Um beijo
    Débora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: