Caminho para Colônia

img_2128Os últimos posts tem muito texto e pouco espaço para respirar. Resolvi então colocar aqui uma das fotos que saquei na estrada para Colônia, Uruguai, dezembro último. Depois de minha participação num Seminário no país irmão, resolvi rever Colonia Sacramento, velha cidade portuguesa que olha, sem enxergar, Buenos Aires lá do outro lado do Rio de la Plata.

A Colonia histórica ilustra bem as diferenças essenciais entre arquitetura urbana portuguesa e espanhola. Nossos irmãos lusitanos construiam cidades cujas ruas iam seguindo os acidentes geográficos. Não brigavam com a natureza. Grandes exemplos disso são as partes velhas de Lisboa e Salvador. Já os espanhóis, não importando o terreno, traçavam no papel a cidade que iam construir, sempre começando por uma plaza mayor (ou plaza de armas como se diz no Peru). A partir da praça central, fazia-se um traçado bem planejado, com ruas retas, do novo burgo. Nossos irmãos ibéricos disciplinavam a natureza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: