Archive for 3 de abril de 2008

Bons recursos para WebGincanas

abril 3, 2008

Na construção de WebGincanas, quando buscamos recursos – conteúdos – que podem ser indicados como fontes de investigação para responder certas questões do Desafio, geralmente pensamos em textos. Isso é natural, pelo menos para as gerações que foram educadas tendo textos como principal recurso de ensino. Mas o ambiente Web tem muito mais recursos que páginas de texto. Tem figuras. Tem movimento. Tem vídeos. Tem sons.

A Web não oferece apenas variedade de formas e fontes. A Web é um espaço a ser explorado. Ambientes construídos com recursos computacionais podem criar espaço que não apresenta de cara as informações de modo ordenado e linear. Bons ambientes computacionais são universos que podem ser explorados de diversas formas. Quando isso acontece, interesse e curiosidade, em vez de ordem pré-estabelecida, passam a ser os condutores da investigação ou “leitura”. Em outras palavras, bons ambientes computacionais permitem que os interessados façam seus próprios caminhos na exploração das informações disponíveis.

O assunto aqui introduzido merece mais conversa. Voltarei a ele em outra ocasião. Agora quero fornecer alguns exemplos de ambientes que podem ser “explorados” pelas pessoas que buscam informação. Um deles foi disponibilizado pelo IBGE, e pode ser encontrado aqui, em países.

Um outro recurso interessante no campo da geografia é o Geography Zone. Nesse ambiente há um desafio sobre países do mundo que você pode enfrentar. Para ver com andam seus conhecimentos sobre geografia do nosso planeta clique aqui e entre no jogo.

Como utilizar esses dois recursos numa WebGincana? Num e noutro caso, será necessário criar uma questão que exija “exploração” por parte dos alunos. No caso do material sobre países do IBGE, pode-se criar uma questão que obrigue os investigadores a fazerem certas comparações entre diversas nações. Exemplo: pode-se propor uma exploração do continente africano para ranquear dez países quanto ao número de habitantes por quilômetro quadrado. No segundo caso, pode-se solicitar que os alunos joguem o jogo e tentem obter, na segunda rodada, pelo menos 50% de acerto. Vou preparar estas duas questões de modo mais completo para exercício com meus alunos. Mais tarde vou publicá-las aqui para análise dos interessados.

Anúncios

Música na escola

abril 3, 2008

Recebi mensagem de minha amiga Beth Fadel indicando portal com informações sobre projeto de lei que tem por objetivo fazer com que música volte a ser conteúdo obrigatório na educação escolar. Este é um projeto que vale a pena apoiar e acompanhar. Educação sem música é educação incompleta. Acho que eu já disse isso em algum lugar, mas vale a pena repetir: “a música era, segundo o indispensável História da Educacão na Antiguidade, de Henri Marrou, o conteúdo fundamental da educação grega na era clássica”. Já é hora de recuperar tal proposta, pois a música nos torna mais humanos. Para ver o portal indicado pela Beth, basta clicar aqui.

Vai aqui um complemento sobre a importância da música em nossas vidas. O noticiário do Yahoo publica mais uma vez matéria sobre estudos científicos que mostram a importância da música, mais particularmente o canto, para nossa saúde. Veja a matéria em Quem Canta seus Males Espanta.